27.4.10

Dom Pedro II na Romênia

Recentemente, um amigo chamou minha atenção para um livro menos conhecido do igualmente obscuro historiador Couto Bulhões (na foto, em seus anos de mocidade) que, malgrado suas detalhadas pesquisas interdisciplinares, de importância internacional, centradas sobretudo nas mais diversas áreas da História e da Museologia, caiu imerecidamente no esquecimento de seus concidadãos brasileiros.

Professor na cátedra de História da tradicional universidade finlandesa de Turku, esse amigo teve a gentileza de apontar, dentre as inúmeras obras de Couto Bulhões, todas densas e de vivo interesse acadêmico, uma que aqui nos interessa de maneira especial: "O Imperador Errante", fruto de intensa pesquisa realizada em diversas bibliotecas, arquivos públicos e pessoais, de Petrópolis a São Petersburgo, a propósito da viagem que Dom Pedro II realizou à Europa em 1876, vindo de sua exitosa visita aos Estados Unidos da América.

Embora tema de diversos volumes, dentre os quais alguns assinados por Argeu Guimarães, a viagem empreendida pelo "neto de Marco Aurélio" (como apelidou-o Victor Hugo) pela Europa, em especial pelo Leste europeu, sofre ainda de várias lacunas que aparentemente só o trabalho dedicado, honesto e paciente de Couto Bulhões logrou um dia revelar para o grande público.

Dentre essas lacunas, consta a viagem que o imperador brasileiro realizou, incógnito, pela Bessarábia, Moldávia, Valáquia e Transilvânia, numa Romênia prestes a declarar sua independência do então Império Otomano e em territórios ainda sob dominação russa e austro-húngara. Sobre essa viagem vamos nos debruçar detalhadamente nas próximas postagens. [A continuar.]

Un comentariu:

kalatorulStalker spunea...

vrem continuarea! :)